Páginas

quinta-feira, 3 de abril de 2014

#EuNãoMereçoSerEstuprada

Como ando muito calada sobre o assunto, resolvi me manifestar: 
Creio que pesquisa foi tendenciosa. Ainda não me desce que 65% das pessoas acreditam que uma mulher merece ser estuprada pela roupa que veste, ainda mais sendo 60% dos entrevistados mulheres. Com certeza a pesquisa foi manipulada, levou a indução ao erro, selecionou uma parcela de pessoas com perfil que acreditam nisso e etc.
Sobre a campanha em si, antes, eu achava que ela não traria de fato um resultado muito amplo. Acho complicadíssimo em um país extremamente machista e que usa o corpo da mulher cm mera objetificação, achar que mostrando o corpo mais uma vez (ainda mais que só vi mulheres brancas, magras, no padrão de beleza imposto pela sociedade) alguém entenderá alguma coisa. Mas aí é que está o ponto: As pessoas não entendem, e ver como essas pessoas ainda não entendem que o corpo da mulher é apenas da mulher é que deve ser mudado! Em pouquíssimos minutos, houve muitas declarações sim, de que as mulheres que estavam aderindo a campanha MERECIAM SER ESTUPRADAS, por que elas estavam mostrando seu próprio corpo. Eu denunciei pelo menos 3 páginas contra a campanha , mas não simplesmente por elas serem contra (já que e certa forma, também não concordo exatamente com a metodologia usada pra conscientização), mas por que as páginas usavam os corpos dessas mulheres para proferirem ódio e misoginia. Vi até uma imagem "Ninguém é estuprada em casa lavando a louça". É sim! A maioria dos estupros acontecem dentro de casa, com mulheres menores de 13 anos, por pais, irmãos, tios. No Irã, a culpa pelo aumento dos estupros foi dada ao fato das mulheres que usam burca, estarem usando RÍMEL!
Não tem como dizer que a minha vergonha é do país, por que infelizmente, o machismo e a misoginia é um problema mundial! Ver esse tipo de campanha onde a mulher mostra o corpo porque quer, e não para agradar um homem, e o quanto ela é atacada por isso, só mostra o quanto estamos até o pescoço dentro de uma sociedade doente! Concordando ou não com o posicionamento da garota que tira foto com os peitos para fora, o corpo é DELA, não deixa de ser DELA e ela não merece o ter invadido e violado por ninguém! Precisamos urgentemente de políticas que ajudem não apenas a proteger a mulher, mas a conscientizar a sociedade dobre liberdade de escolha, autonomia sobre o próprio corpo, respeito e colocar de uma vez por todas na cabeça que o culpado é o estuprador, que estupro é crime, que ninguém leva ninguém a cometer um estupro, a não ser o próprio agente do estupro!Sempre haverá uma desculpa: Mostra muito o corpo, se veste muito fechada alimentando a imaginação, usa muita maquiagem, quer dar uma de santa e eu não resisti. Basta de inverter papéis! Basta de culpar a vítima!Basta de dizer que garotas de 4 ,5 anos estão provocando seus malditos pais pedófilos!Basta!Esse tipo de mentalidade tem que acabar!

3 comentários:

  1. Concordo com absolutamente tudo o que você falou. A sociedade faz com que a mulher pareça culpada pela violência que sofre, que o seu corpo é terra sem lei e feito pra satisfazer o desejo alheio. A mulher é desvalorizada quanto ser humano, com essa falsa igualdade social, e acredito sim que a mulher deva denunciar todo o tipo de abuso, desde a violência sexual até aquela foto por baixo da saia sem sua autorização, isso fere os direito do cidadão, fere a dignidade de quem sofreu essas agressões.

    http://manuellamontesanto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Quando eu vi esse primeiro resultado dessa pesquisa, eu confesso que tive um misto de não acreditar e acreditar! Acreditei porque, sim, a gente sabe que muita mulher é violentada e se isso acontece é porque homens (e mulheres) compactuam com isso; não acreditei porque a porcentagem é muito alta, e eu não tinha noção quantificada disso -- agora eles falaram que esse resultado tava errado, você viu?

    De qualquer forma, qualquer que seja o resultado dessa e de outras pesquisas, a reação da galera (principalmente no facebook -- terra de corajosos) mostra que nossa sociedade ainda é muito machista, muito misógina, muito reacionária e que é preciso fazer alguma coisa em níveis grandes pra tentar melhorar a cabecinha dessas pessoas!

    Não é mais aceitável esse tipo de comportamento de ódio!

    Bjim!

    ResponderExcluir
  3. Pra mim tudo isso já vem da educação! A base da sociedade é machista.. e milhões de vitimas no mundo todo morrem por motivos de estupros.... pesquisas essas que é pouco divulgada. Apesar das pesquisas negativas e positivas em relação a esse tema, aredito que todas as mulheres merecem respeito independente das roupas que usamos; O mundo todo é machista, e isso ainda vai demorar muito pra mudar. Mas sempre acreditei que essa mudança tem que partir das mães (os pais também), pq realmente eu me deparo com muito mais mulheres machistas do que os homens. E estou canso de ver as mães falando mal de meninas que não se comportam decentemente! Enfim, esse assunto é polemico e ainda tem muito chão pela frente, até que sociedade mude.

    ResponderExcluir

Sinta-se á vontade