Páginas

quarta-feira, 29 de maio de 2013

E a dor e a dor e a dor e a dor...

Hoje deixei mais veneno e tristeza escorrer dos olhos. Essa dor é diferente de muitas que já vivi, mas ainda assim, suportável. Chorei pelo tempo , pelas noites mal dormidas, pelos sonhos que qual castelo de cartas, foram sendo derrubados, um a um. Foi uma desconstrução contínua. Não foi uma queda brusca, não foi um raio que atingiu minha torre.
Não estou revivendo o passado ou romanceando um futuro, estou  triste  pelo fim de um projeto, de uma vida, quem sabe. Chorando, como se diz, pelo leite derramado, mas não querendo tornar o leite ao jarro.Já passei por dores semelhantes e sei que elas passam, essa também passará, mas é diferente das outras. Essa deixou raízes.

Pensei estar sendo esperta
Ao te dar meu coração
Falhei, deixei porta aberta
Você alegou: "foi rejeição"
É isso que dá contar com o certo
Nem sempre o amor se encontra tão perto
Cheguei a uma ilha deserta
A um atalho contramão
Eu sei que a resposta correta
Pode não ser a solução
Viver a teu lado não dá futuro
Fiquei deslumbrada a princípio, eu juro
Então vem, chega mais perto
Devolve já meu coração
Que tal sair deste aperto
E decretarmos solidão a dois
Querido, é mais fácil vivermos solteiros
Em festas confusões
Querido, é mais lindo juntarmos dinheiro
E embarcarmos pro Japão
Sushi, chá bar
E esse seu jeito de falar
Cantar, dançar, olhar pra mim
Viver é não ter que transplantar…
Doar sangrar trocar chamar pedir mostrar mentir falar justificar no cais chorando não sou eu quem vai ficar dizendo adeus batucada macaco no seu galho da roseira em flor da laranjeira amor é choradeira horror a vida inteira à beira da loucura e a dor e a dor e a dor e a dor…

Um comentário:

  1. o texto é muito triste, adoro a Tulipa....essa sensação de arrependimento, de não ter visto o horóscopo ou ter pisado com o pé esquerdo primeiro ao acordar...em alguns momentos tudo é motivo de tristeza mas tudo passa
    embora nessas horas ouvir isso seja irritante

    voltei à blogar, espero que ainda lembre d emim
    abraços

    ResponderExcluir

Olá queridos!
Seu comentário é bem vindo!Pode criticar, elogiar, desabafar, indicar referências, sinta-se a vontade!
Comentários na intenção de ofender serão ignorados!