Páginas

quarta-feira, 14 de abril de 2010

O RESGATE


Não morreu,ainda vive.Ainda respira,mesmo que leve e devagar,arfando a cada pulsar de seu coração ressequido.Ainda olha,ainda é leve,ainda existe.

Presa por pesados moldes , sente mais do que nunca a necessidade de alçar vôo outra vez a sua terra,ao seu mundo perdido,pois agora já sabe de onde veio,não busca mais o seu lugar.Não notava que todo o tempo sempre nele morou,nele nasceu,cresceu e dele recebeu todas as forças que seu frágil corpo necessitava para voar.Porém,preferiu caminhar.Com seus pés calejados e doloridos,percorreu estradas obscuras e tortuosas,buscando sempre o seu de onde veio.Nessa busca conheceu pessoas,conheceu idéias,conheceu preceitos,perdeu-se com seu bem e deparou-se com seu mal,chegando até mesmo a acreditar que essa era sua verdadeira face.

Mas hoje sabe que tudo é processo,tudo é construção.Lembra-se até das histórias que em sua terra natal diziam isso:uma era sobre o carvão,que depois de muito tempo em uma temperatura exorbitante,de lá saia uma pedra preciosa.Outra é sobre o Oleiro,que muitas vezes destrói um vaso defeituoso só para depois ,do barro desse mesmo vaso,fazer um outro com maior beleza,maior força,maior valor.Tudo o que devemos é confiar no Oleiro que nos molda,e desejar que ele nos molde a sua vontade.Há até mesmo a história de um tal de Daniel,que passando a noite na cova dos leões,não foi atingido.

A moça de pés feridos tira agora de suas costas o peso que não a deixava mais abrir as asas.Ela quer voltar ao seu lar,as sua família,a si mesma.Mas para isso,precisará reaprender com se voa...Mas talvez voar seja como andar de bicicleta:Uma vez aprendido,jamais se esquece!


6 comentários:

  1. "Diamantes já foram carvão. Eles parecem jovens porque tem alma. É por isso que eles são bonitos..."
    Lembrei *-*

    ResponderExcluir
  2. é teu texto?
    muito bom =D

    Beijoos

    ResponderExcluir
  3. eu também me acabei no chocolate....rsrss...


    Pago uma amazonia inteirinha pro seus textos...

    te adorooo munina...saudades de falar contigo!!!

    ResponderExcluir
  4. belo texto!!

    Obrigada pela visitaaa
    Amei seu blog...

    AAhh o show do Epica foi Lindaaa
    morri várias vezes huahauhauahau...
    já que do Within eu perdi quando veio ao Brasil...o do Epica não perderia por nadaaaaaa!

    tenha um belo Fim de Semana

    beijinhuuss

    ResponderExcluir
  5. Bonito, mas meio triste não, pois parece que ela está procurando a dor apenas por querer ser feliz...

    Fique com Deus, menina Dayane.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. "Mas tão certo quanto o erro de ser barco a motor e insistir em usar os remos, é o mal que a água faz quando se afoga..." - Sempre adorei esta parábola "Legionária", É muito focada na idéia de confiança plena na divindade. Reconfortante e hope bringer ["trazedora de esperança" - não sei um termo em português... rsrsrs]

    Aber ich bin keine Farofa... rsrsrs

    Beijo!!!

    ResponderExcluir

Sinta-se á vontade