Páginas

sábado, 31 de outubro de 2009

Eu fecho meus olhos


apenas por um momento

e o momento se foi

todos os meus sonhos

curiosamente passam diante dos meus olhos

poeira no vento

tudo o que nós somos é poeira no vento



A mesma velha música

apenas uma gota d'água

em um mar infinito

tudo o que fazemos

cai em pedaços

embora nós nos recusemos a enxergar

poeira no vento

tudo o que somos é poeira no vento



Agora, não desperdice (um minuto)

nada dura para sempre

apenas a Terra e o Céu

ele (o minuto) foge

E todo o seu dinheiro

não comprará outro minuto



Poeira no vento

tudo o que somos é poeira no vento

poeira no vento

tudo isso é poeira no vento



Tradução de Dust in the wind-Kansas

15 comentários:

  1. Ser poeira no vento,ser breve.Talvez essa seja a maior beleza da vida.O curto existir e ao mesmo tempo o intenso desejar.Duas forças motrizes que nos conduzem e nos levam pra frente.Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Ai, ai, só para juntar o inside com um pensamento...

    O ferro antes de se transformado numa ferramenta, ele era pó, mesmo pó que foi tratato e purificado, mesmo que a ferramenta vire novamente pó de ferro, este mesmo pó pode dar a origem a uma nova ferramenta...

    Então, só por que o teu sonho virou pó, trate este pó para fazer um novo sonho...

    E coloque um sorriso neste coração de cebola (um post bem antigo teu) menina poetisa e bailarina...

    Fique com Deus, menina Dayane.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Amo esta música!
    Meu tio (falecido) adorava colocar pra eu ouvir...

    Saudades...

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Taí, não é que fica tão bonita traduzida quanto no original???

    ResponderExcluir
  5. Lindo...
    Me perdi e ao fim me encontrei no som que as letras deram *__*

    Dinheiro compra nenhum minuto a mais
    compra nada...

    felicidade é coisa plena
    não se compra...
    quanto mais minutos a mais,
    assim,
    amei...

    :**

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu toco essa musica no vivi...ela eh linda...
    bjo!!!

    ResponderExcluir
  7. Ai, essa banda me kansa... KKKKKKKKKK... Não resisti à piadinha infame

    Agora, na real, música linda. Triste, reflexiva e existencialista, mas linda!!!

    ResponderExcluir
  8. "E todo o seu dinheiro
    não comprará outro minuto"
    nem sempre temops a real dimensão disso até que muitos minutos tenham ído embora.

    ResponderExcluir
  9. Adoro essa canção. Simplesmente.
    Você não apareceu mais lá no blog!!!
    jejeje

    ResponderExcluir
  10. Está quietinha demais, o que houve menina?

    Fique com Deus, menina poetisa Dayane.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  11. Bonita música.
    Tudo que nós somos é poeira no vento, mas o que acontece quando se juntam vários e várias? O que se transforma?

    Nada dura pra sempre, realmente, então, carpe diem?

    Boa semana pra ti
    beijos e abraços!
    =]

    ResponderExcluir
  12. Maravilhosa essa letra e não tem como discordar. No fim do dia, depois de tanto correria eu sempre tenho esse sentimento.

    beijokas

    ResponderExcluir
  13. Pois é, do pó viemos, ao pó voltaremos!
    Bjoooooo!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Apesar de achar "Dust in the Wind" uma musica Linda e analisando também a minha condição de um maniaco nostálgico compulsivo eu, impressionantemente parto pelo ponto de vista de outra musica:

    "Todos os dias
    Antes de dormir
    Lembro e esqueço
    Como foi o dia
    Sempre em frente
    Não temos tempo a perder...

    Nosso suor sagrado
    É bem mais belo
    Que esse sangue amargo"

    Qualquer fluido pode ser adoçado simplesmente pondo um pouco de açucar... Urgh... nem todos né ?

    ResponderExcluir
  15. wonderful blog... Congratulations! u have interesting items and the chosen theme.
    A great and a beautiful day to U! smiles

    ResponderExcluir

Olá queridos!
Seu comentário é bem vindo!Pode criticar, elogiar, desabafar, indicar referências, sinta-se a vontade!
Comentários na intenção de ofender serão ignorados!