Páginas

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009



Se alguém por acaso se apaixonar por mim,ou ao menos se interessar,já aviso que não espere grande coisa,pois meu coração não é mais um coração. Depois de ter se iludido ,ele se tornou uma cebola.
Por isso,não pense que declarações,cartinhas,atos estrondosos ou alguma dessas coisas que acabamos fazendo quando nos apaixonamos vai me tocar. Isso toca quem tem coração,eu tenho uma cebola Cebolas são porosas,sabe,isso facilita as coisas. Ela já foi feita para ser partida,ser picada em pedacinhos,isso não a afeta. Elas também não são muito sensíveis. O máximo que posso fazer é te achar fofo,mas não vou conseguir sentir um afeto maior que simpatia. Pelo menos não por agora.
Espero realmente que minha cebola volte a ser um coração e sei que isso irá acontecer,mas não sei quando. E nem estou ansiosa para que isso aconteça. Ok,na verdade,minha grande cebola por dentro é um coração partido,e ele ainda sente alguma coisinha. Mas não por alguém novo. Não que eu esteja fechada,me protegendo,mas a gente não se desapega assim tão fácil das coisas. Digo,das pessoas. Digo...de quem a gente não consegue e nem quer se desapegar .Mesmo que o sentimento já esteja mais pra lá do que pra cá,mesmo você sabendo que não vale a pena,mesmo tudo já estando em pratos limpos e não aja margem alguma para que você diga “Não,por isso eu ainda posso me iludir”.Não há mais nada disso,não é a mesma coisa. Mas ainda É alguma coisa.
È,talvez a única coisa de cebola que eu tenha mesmo é a amargura.

16 comentários:

  1. Eu sei que o assunto é sério e eu entendi bem o que quis dizer, mas não pude deixar de rir ao pensar numa cebola no lugar do coração... eheheh

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Eu sei,falei cebola pra dar um tom mais leve mesmo,tipo literatura infantil,rs.

    ResponderExcluir
  3. Eu te entendo, sendo que uma parte de mim meio que extirpou o meu coração...

    Brincadeira com um fundo de verdade.

    E espero que o da sua cebola, nasça um coração.

    Fique com Deus, menina Dayane.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Uma amargura q passa. Vai amenizando com o tempo, vc vai ver. Breve seu coração estará novamente bem, batendo em diferentes ritmos... Inclusive o da paixão.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Eu achei que tivesse uma cebola. Mas descobri que era ´só um coração mesmo.

    ;)

    ResponderExcluir
  6. Bela metafora, minha amiga!

    "Se alguém por acaso se apaixonar por mim,ou ao menos se interessar,já aviso que não espere grande coisa,pois meu coração não é mais um coração."

    O meu não é como uma cebola, mas estou assim!

    ResponderExcluir
  7. como ali em cima.. no primeiro post ... eu ri tbm xP ...
    Sei como é .... posso dizer que eu estou mas para alho ... do tipo vai tirando os pedasos e macetando... fika bem mas facil assim... desse jeito é mas dificil se iludir, querer sei la... mas sabe neh .. como Deus diz... depois do sofrimento vem a alegria ..., o jeito é esperar e ver se essa cebola vira uma maçã.. ou uma banana... ou que sabe um morango... ou mistura tudo logo neh e faze uma salada de frutas xP

    Grande Abraço moça da fera!
    APDD!

    ResponderExcluir
  8. lembra de mim? vc comentava no meu antigo blog
    vim te falar q eu mudei de endereço
    o lulymello.blogspot.com
    agora funciona no fala-sede.blogspot.com
    te convido a tomar um “cha na minha casa nova...” lógico que pode ser uma cervejinha
    ihihihih

    quanto ao post.... ai, ai, ai, ne? nao vamos perder a esperança, quando aparecer a pessoa certa essa cebola rapidinho vai açucarar e ficar docinha! eu de fato nunca vi cebola açucarar... vc sera a primeira

    bj bj bj bj bj e uma otima semana pra ti

    ResponderExcluir
  9. Talvez seja uma cebola porque tem várias camadas e não se abre de uma vez, fazendo chorar às vezes a quem tentar... (só explorando o lado literário da coisa! rs)

    Cuide-se, Day!

    ResponderExcluir
  10. Bom, uma vez, alguém enfiou a mão no meu peito e arrancou meu coração, enrolou num papel filme e colocou na geladeira, e eu só fiquei com a cavidade oca, rs. Um dia, coloquei-o de volta. Quem sabe? um dia a cebola volta a pulsar vermelha.
    Espero que curta o Gacum ^^ beijocas!

    ResponderExcluir
  11. Não deixa de ser uma analogia inteiressante. Permita-me um humor negro... Quem tentar descascar seu coração, vai sair chorando, rs...

    Nossa... o.O

    Também tenho uma parte em mim que é desta forma. Há certos pilares na minha vida que eu não me solto... E gosto disso até.


    Bjos e td de bom!

    ResponderExcluir
  12. Confesso que achei a imagem de cebola diferente, inteligente e interessante.
    Visualizei um orgão em camadas, translúcido, protegido película seca causada pela desilusão, intenso no sabor, frágil na textura e complexo na forma de usar.
    Realmente um verdadeiro coração.
    Bpm final de semana.

    ResponderExcluir
  13. Olha, eu adoro cebola. Juro mesmo.
    Crua, frita, cozida...
    Mas também espero que sua cebola volte a ser um coração. Porque cebola é bom pra comer, não para bombear o sangue e essas coisas.

    :D

    ResponderExcluir
  14. , entendi muito beem seu ponto de vistaa!Mas acredito que esse seu jeito ainda mude, pq naum vivemos sem paixao neh :)

    bejoos

    ResponderExcluir
  15. Acho que todo coração pensa que é cebola de vez em quando, ou pelo menos quer ser uma cebola.

    Não vejo nada de errado em ser cebola um pouco. Até querer ser coração de novo. Sentimentos são complicados, irracionais, imprevisíveis. A vida não é uma sucessão de grandes amores e cenas apaixonantes. Isso só serve pra novelas.

    Definitivamente, cebola também é bom.

    Mas eu vim mesmo foi para dizer que te indiquei a uns selos, é só passar no meu blog e pegar. ^^

    Beijos.

    ResponderExcluir

Olá queridos!
Seu comentário é bem vindo!Pode criticar, elogiar, desabafar, indicar referências, sinta-se a vontade!
Comentários na intenção de ofender serão ignorados!