Páginas

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008



Tenho amigos que por um motivo ou outro,acabei me afastando.Amigos importantes,amigos verdadeiros,mas amigos muito diferentes de mim.Ou pelo menos eu me tornei diferente deles.
Do ano passado pra cá aconteceram milhares de coisas na minha vida,coisas que me fizeram mudar muito.Não digo evoluir,digo apenas mudar.Só Deus sabe o quanto eu mudei.
Passei por uma fase em que fiquei mais reclusa e onde descobri muitas coisas e com isso,acabei deixando de os procurar,precisava de um tempo sozinha.
Não digo culpa,mas sei que fui responsável por esse afastamento.Pouco a pouco,fui perdendo a forma encantada,pura e idealista na qual víamos o mundo.Fui me sentindo mais bruta,mais fria,mais rígida.Fui vendo coisas em mim que não queria ver,já não posso mais acreditar nas ideologias que defendíamos,nos sonhos que tínhamos.E é tão estranho,no pouco contato que ainda tenho com eles,perceber que eles ainda carregam esse encanto,essa alegria adolescente,esse brilho idealista e esperançoso no olhar.Não sei sinto inveja ou se sinto pena.Só sei que sinto saudade.Muita saudade.
Sei que posso marcar de vê-los,sei que posso tentar retomar a amizade,mas sei que não vai ser a mesma coisa.Já não rirei das piadas que costumava rir,não concordarei com os pontos de vistas que eu concordava e não me sentirei mais limpa e intocável para abordar assuntos que se hoje eu defender,sei que estarei sendo hipócrita.Chegarei até mesmo a achá-los sem graça,ignorantes,ingênuos,chatos,do jeito eu já fui e que gostaria de continuar.
É muito bizarro você começar a se sentir esquisito com pessoas que costumava se sentir tão bem,principalmente quando você percebe que o errado é você.Elas continuam as mesmas,foi você quem mudou.Pior ainda é saber que mais dia,menos dia,elas também chegarão a esse estado tão frustrante de perceber que elas são uma grande decepção.Dá vontade de guardar todo mundo dentro de uma caixinha de vidro,dá vontade de ir falando o caminho pra eles: “Olha,não toma essa atitude que você descobrirá algo que talvez não queira ver!” , “Não,não comece a pensar desse jeito!Isso te tirará desse molde lindo em que você está agora!”,mas infelizmente,isso não cabe a mim nem a ninguém.Só espero eu no final todo mundo descubra seu caminho.

11 comentários:

  1. Nossa eu tenho tantos posts que falo sobre amizade no meu blog que acho que já cansei... rs

    Esse ano foi muito ruim pra mim nesse sentido. Senti que amigos que pensei que estariam por toda minha vida, não estavam mais disponíveis nem quando os convidava pra dar uma saída, nem era pra me ajudar em nada, só pra nos divertir mesmo e isso deu um nó na minha cabeça e ainda estou processando tudo isso. Certamente se aconteceu com vários ao mesmo tempo a culpa deve ser minha, e vou descobrir onde errei!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Eu te entendo, perdi amigos também dessa forma...

    Mas não quer dizer que eu não tente retornar a amizade dele.

    Senti saudade dos seus textos, senhorita Dayane.

    Fica com Deus, menina.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. A MATURIDADE que você adquiriu por força da vivência,observação,sensibilidade e discernimento a fizeram tomar um NOVO CAMINHO, UM NOVO RUMO o qual lhe favorecerá o encontro de novas amizades, conhecimentos e idéias, levando-lhe a encarar a vida por outra ótica, por outro ângulo.Amigos virão que se coadunarão, estes sim, com seu novo MODO DE PENSAR e de VIVER.Um abraço,Armando - fetichedecinefilo.blogspot.com(posto também em lygiaprudente.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  4. Eu e mesu amigos éramos assim. Mas fomos mudando e deixando de ser assim, juntos. Mas cada um ficou de um jeito.

    ;)

    ResponderExcluir
  5. Eu acho perfeito e real tudo isso que vc escreveu. É o tipo de assunto que eu penso demais, e muitas vezes você vai ver eu batendo na mesma tecla lá no meu blog.

    Eu acho que a mudança deve acontecer. Elas fazem parte do processo da vida. E nem sempre porque vc se percebe errado dentro de um mundo do qual vc fazia parte, nem sempre é porque sua mudança foi pra pior.

    E eu acho que é preciso segurar a mão de algumas pessoas. Até por no vidrinho mesmo, e não deixa-las que elas permaceçam no passado se perdendo de vc.

    Mas o ponto chave, é que tem umas pessoas que não quer entrar no vidro né? rs...

    Errado ou certo, quem somos pra julgar né?
    Mas a saudade sempre vai existir.


    Bjos e td de bom!

    ResponderExcluir
  6. eu nem precisei me distanciar dos meus amigos pq eles se deram o trabalho se fazer isso por mim.. =) e eu os agradeço e muito por isso! j olho p vida mediócre q eles levam e me dá pena..

    vc deveria se orgulhar por ter descobrido isso antes deles..

    beijos e seja vc!!!

    ResponderExcluir
  7. as palavras são assim mesmo, ingratas. sumidas. meio lenda.

    ResponderExcluir
  8. é bom viver esses momentos de amizade, é uma coisa que não podemos saber se vai durar anos ou segundos...~

    Otimo! texto moça!

    ResponderExcluir
  9. foto do jardim das horas ou o antigo quarto das cinzas ... adoro essa BAnda!

    ResponderExcluir
  10. Só tenho uma amiga antiga, digamos assim.
    Mas sabe, por mais que nossa amizade seja forte, eu sinto que muita coisa mudou.
    Ainda nos falamos, mas não é como antes. E isso machuca tanto. Porque eu sei que fui eu que mudei.

    :*

    ResponderExcluir
  11. É dificil encontrar o caminho sozinho, né! Infelizmente a vida vai passando e com ela passam-se pessoas maravilhosas que por algum motivo desconhecido se ~simplesmente somem...
    Acontece muito comigo!

    Beijos

    ResponderExcluir

Olá queridos!
Seu comentário é bem vindo!Pode criticar, elogiar, desabafar, indicar referências, sinta-se a vontade!
Comentários na intenção de ofender serão ignorados!