Páginas

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

A linha do tempo que eu havia previsto escorreu-me pelas mãos qual areia escapando da ampulheta que lhe aprisionava.Nem se quer meus paços percorreram o caminho traçado por meus olhos.De forma obscura e temerosa,perdi a visão no meio de uma trilha que julgava conhecer como a palma de minha mão,mão essa,que nunca foi olhada com a devida atenção.
Não conhecia devidamente nem a mão e nem o rosto,quanto mais o olhar,pois dos olhos eu sabia,mas o olhar...esse não sabia distinguir.
Assim que perdi o fio de Ariadne,percebi que haviam outros meios de sair do labirinto e que o Minotauro,quem sabe,não fosse tão mau assim,pois foi apenas pelo barulho amedrontador de seus pés quebrando o chão e sua respiração raivosa que meu instinto de sobrevivência me fez buscar um novo caminho.
E achei,achei outro caminho,mas fui parar também em outro lugar.Um lugar quem sabe,melhor do que havia previsto.

P.S:Desenho meu.

9 comentários:

  1. "Um lugar quem sabe,melhor do que havia previsto."

    ... Belo texto ...


    é... no sol e mesmo assim tão frio...



    ^^

    ResponderExcluir
  2. Que este novo caminho seja tudo de muito bom...!!

    Beijo e mais beijos...

    PS: amei seu desenho ;-)

    ResponderExcluir
  3. "Não conhecia devidamente nem a mão e nem o rosto,quanto mais o olhar,pois dos olhos eu sabia,mas o olhar...esse não sabia distinguir". (O olhar é o que eu amis sei).

    Ficou bom o desenho ;)

    ResponderExcluir
  4. Algum lugar sobre o arco iris...

    Nada melhor do que a expressão por palavras e traços. Esse desenho me lembrou uma pintura da Frida.


    Bjus e td de bom!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo desenho, viu! Gostei demais!
    E parabéns tbm pelo texto!
    "Um lugar quem sabe,melhor do que havia previsto."
    No meu caso, não é bemmmm melhor, mas estou feliz por estar aqui, onde sequer havia imagino!
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. que bom que achou outro caminho...

    beijokas e ate+

    ResponderExcluir
  7. Sempre construirmos na nossa vida uma labirinto tão intricado, que realmente esquecemos que fomos nós que os construirmos, portanto, sabemos as suas saídas e entradas...

    Não sabia que você desenhava.

    E aproveitando o momento, desejo um bom natal e prospero ano novo.

    Fica com Deus, Dayana.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Eu perdi o fio de Ariadne faz tanto tempo.
    Pelo menos estou um pouco mais livre.
    Mas com um pouco mais de medo também. Hehe.

    Beeeijo!

    ResponderExcluir
  9. Caminhos q a gente não prevê que resultam em lugares que nem imaginamos... Mas pode ser bom, sim. Eu sei.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Olá queridos!
Seu comentário é bem vindo!Pode criticar, elogiar, desabafar, indicar referências, sinta-se a vontade!
Comentários na intenção de ofender serão ignorados!