Páginas

quinta-feira, 9 de outubro de 2008



Estranho como as palavras não saem mais de mim como antigamente,desaguando violentas em fortes torrentes de verborragia.E mesmo tendo as idéias mais organizadas em mente,não consigo organizá-las a modo de parecerem claras aos que a lêem,muito menos aos que as ouvem.
Continuo falando,continue escrevendo,mas não sobre o que queria escrever ou falar.Falo sobre o que estão dizendo,escrevo sobre o que estou vendo,mas as coisas não vem mais de dentro pra fora como eram de costume.Tudo em mim se expandiu e o que me fazia crer que o que eu tinha era sagrado,misturou-se ao profano das mentes coletivas e hoje sou tão terrena quanto todos os adeptos das maiores filosofias aos mais costumeiros chavões do senso comum.
Não sei se sou outra pessoa,pois parece que só agora me enxergo.Acho que sou eu mesma,mas deixei de viver tão de dentro pra fora:agora sei as vantagens e as desvantagens de me ver de fora pra dentro.

7 comentários:

  1. Eu tenho percebido seus textos realmente diferente do que eram! Mas isso são fases que a gente passa! Nunca somos uma pessoa durante a vida, somos várias, que vão mudando e mudando... Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Tudo é um processo... confie em si menina, as palavras ainda estão ai dentro de você , o que você precisa é achar a forma certa de colocá-las pra fora.

    Tem presentinho pra você no infinitas idéias.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Mas é certo que termos nova visão das coisas é sempre interessante. E talvez, qq dia desses, vc possa optar pela visão que mais lhe agrada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Essas "crises" são normais durante a vida, a identidade varia conforme as transformações que vão acontecendo...

    O importante é tentar sempre melhorar em cada uma dessas metamorfoses.

    Um beijo!!

    ResponderExcluir
  5. As vezes as mudanças nos assustam, mas no final vemos que são para melhor! :)

    ResponderExcluir
  6. Já me olhei por dentro, e fiquei sem descobrir muitas coisas. Entãoa cabo preferindo que essas coisas se mostrem a mim sem que eu precise olhar.

    ;)

    ResponderExcluir
  7. é muito difícil traduzir em palavras tudo o que sentimos e pensamos. pior que tentar escrever tudo o que temos por dentro, é falar.

    vou te add, ta?
    beeijo

    ResponderExcluir

Olá queridos!
Seu comentário é bem vindo!Pode criticar, elogiar, desabafar, indicar referências, sinta-se a vontade!
Comentários na intenção de ofender serão ignorados!