Páginas

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Arte de

A mãe da menina girassol (irmã do menino abóbora)

Grávida de uma abóbora gigante,ela repousava complacentemente na árinha do quintal de sua mãe. Já era a segunda abobrinha que esperava em um intervalo de quatro anos e quem sabe essa abóbora não fosse uma menininha?Uma menininha de cabelo laranja e olhinhos azuis?Ou verdes,como eram o de seu pai? “Um bom nome para abóbora é Nathália”-disse seu marido. “Nathália não!”-dizia sua mãe-“Nathália é nome de velha fofoqueira”.Mas o grande coral era “Porque não Fabiola ou Fabiana?Combina com Fábio,a abóbora maior!”.Mas o que acontecia,é que ela não sabia se esperava mesmo uma abóbora,sabe.Sentia que em seu ventre vivia era um girassol,um grande e esplendoroso girassol cheio de nuances em verde claro e cor de rosa.Que problema!Que nome teria um girassol assim tão exótico?
“Eita,Dayane!Caminhe ligeiro,Dayane!”.Um estalo:Day é dia,e girassol é flor do dia!Sim,sim,Dayane seria o nome perfeito para um girassol gigante!E a voz que o dizia na rua era uma voz arrastada e gostosa de se ouvir,lembrava a voz de sua mãe,aquela coisinha morena e cearense!Estava decidido:Se fosse um girassol,se chamaria Dayane.Se fosse outra abóbora,aí já seriam outros quinhentos.
Ah,que bom!Dentro de si saiu um girassolsinho miúdo e fraco,desses de dar pena.Mas tinha os olhinhos brilhosos e amendoados,cheio de pintinhas verdes.E Dayane foi seu nome,como o da princesa,como o da cearense e muito,muito diferente das variantes do nome de uma abóbora.Ora essa!Onde já se viu um girassol chamado Nathália?Francamente!


P.S:Uma história fantástica sobre o porque de eu me chamar Dayane,feita a pedido da oficina de criações literárias.

P.S2:Explicando o post passado:Lembrem-se:Quando falo de alguém,em meus textos,estou é falando de mim!

23 comentários:

  1. Que história bonita!
    Não sei se conseguiria fazer uam pro meu nome. Era pra eu ter o nome da minha irmã mais nova. Mas por alguma razão da qual desconheço, não tive!

    ;)

    ResponderExcluir
  2. Isto é maravilhoso. Que posso dizer, mais? De emocionar. Você escreve magnificamente.
    Beijos carinhosos do Thiago

    ResponderExcluir
  3. Muito bom!!! É o seu segundo post que leio e comento e já está ficando entre meus favoritos. Voltarei sempre!Que bom que você gostou do meu tbm, apareça sempre que quiser.
    hahaha,gostou do "cantou,comeu", então? ..rs
    Ah,tbm gosta da Fiona???? GREAAAT
    bjo
    T+
    Kêco

    ResponderExcluir
  4. Lindo, bem coisa de nome.

    Beijo Day!


    :)

    ResponderExcluir
  5. Que linda história!
    Um dos melhores post que eu li por aqui! (apesar de ter gostado de quase todos)
    =**

    ResponderExcluir
  6. Menina, que fofura é essa?
    Muito bom seu post.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Dayane

    Não estou em crise não... é falta de tempo msm...e muita vontade de fazer muita coisa. POr isso não estou cabendo em mim, são muitos desejos e uma vida só é pouco pra realiza-los.

    Qto ao seu livro, a Rapha ainda não o entregou. Mas comprei outros dois da Ligia e um outro da Lya, vou le-los e te digo o que achei.

    Bjo.

    ResponderExcluir
  8. Que bacanaaaa a sua história!
    hahahahaha

    O meu é camila pq é moça delicada!
    MINHA MÃE QUEM DISSE hahahha

    beijãooo

    ResponderExcluir
  9. Ah, fictícia, mas fofa... eu gostei muito... Mas seu irmão parece mesmo uma abóbora?

    ResponderExcluir
  10. Hehehe!!! Isso é que é árvore genealógica!!
    Bjooo!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Adorei a história...
    Ficou linda.

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Adorei a história...
    Ficou linda.

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Gostei do tom imocente, das palaras leves. Cda dia me surpreendo mais lendo seus posts.

    Beijo

    ResponderExcluir
  14. aiiiiiiii.
    que legal!!! Adorei!

    Mas meu nome é tão sem graça que eu nem vou perder meu tempo tentano fazer um parecido.

    ps: eu não como abobora. eca.

    ResponderExcluir
  15. Que história bonita! [2] gostei bastante. queria ter uma história pro meu nome assim, exuberante. mas a história do meu nome é tão normal, nem é excitante contá-la. =/ vou criar, isso! criar :D

    ResponderExcluir
  16. Adorei o continho. Achei uma graça mesmo. Eu nem tenho história de nome, meu nome foi uma terceira opção. Estranho né, a pessoa tem duas opções, essas são, sem dúvida as preferidas, mas de repente é a terceira que prevalece. Loucura, mas ta bom assim. hehe...
    Beijão querida, adoro ler seus textos.
    =8

    ResponderExcluir
  17. Ei!
    Num gostei do velha fofoqueira !!

    =D

    ResponderExcluir
  18. "Nathália é nome de velha fofoqueira"
    Poxa, machucou meu coraçãozinho.
    Hahaha

    Então você é um girassolzinho? Óun! Que gracinha! *-*
    Quando eu morava na casa em que tinha um quintal enorme, eu plantava girassóis.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  19. olá! amei o post fazia tempo que n lia blogs e comecei bem.

    te indikei um selo fof's

    ate+

    ResponderExcluir
  20. Delicia seu texto.. rs

    Beijo e mais beijos...

    ResponderExcluir

Olá queridos!
Seu comentário é bem vindo!Pode criticar, elogiar, desabafar, indicar referências, sinta-se a vontade!
Comentários na intenção de ofender serão ignorados!