Páginas

quarta-feira, 28 de maio de 2008



Lembranças Auditivas da minha infância

Hoje me peguei cantando um trecho de Bezerra da Silva que diz “Era caguete sim,era caguete sim!Eu só sei que a polícia chegou no velório e dedo do defunto apontava pra mim!” ,assim,do nada,e isso me fez lembrar as trilhas sonoras que embalaram a minha infância.
Bom,só salientando,eu morava em um quintal amontoado de gente!O terreno era da minha vó.Os filhos iam casando,tudo um bando de Zé ruela,então ela ia deixando todo mundo ir construindo no quintal.E mais:às vezes um filho saia,aí ela alugava uma casa,vinha uma outra família,ia embora,o filho voltava,ia embora de novo,outra família aparecia.Isso resultava em um ambiente muito eclético e caótico,digamos que um caos.Porém,com essa mistura de gente,acabava surgindo uma mistura de sons.Ou seja:acabei ouvindo e aprendendo toda natureza de música,do luxo,ao lixo.
Começando pela minha casa.Não me lembro muito bem,só sei que bem no iniciozinho da minha infância,eu ouvia Renato e seus Bluecaps,Roberto Carlos e Wanderléia.Isso pq minha mãe tinha uma amiga chamada .Ana que foi uma antiga rockeira da Jovem Guarda.Ela também ouvia Led Zeppelin ás vezes e nós vivíamos na casa dela.Trechos que me lembro dessa fase:
“Oh,meu bem!deixa essa boneca,faze-me o favor!Deixa isso tudo e vem brincar de amor.de amor,he -e-ei,de amorrrr!!!”
“Essa é uma prova de fogo,você vai dizer,se gosta de mim!”
“Essa garota é papo firme!É papo firme!É papo firme!”
Minha mãe por sua vez ouvia o que estivesse tocando no rádio.Com isso eu também ouvia muito os pagodões da vida,a boquinha da garrafa,a dança da bundinha e mais outras coisas.
Meu pai não,ele era um pouco mais refinado.Tinha discos do Bee Gees,Air Suply,Abba e outros clássicos do flash back.Também escutava muito Titãs e Elis Regina,da qual eu me lembro muito:
“Sou caipira,pira,porá,nossa senhora de Aparecida...”
Mas é DELE também que eu aprendi esses trechos clássicos do Bezerra,como:
“Vou apertar,mas não vou acender agora.Se segura,malando,pra fazer a cabeça tem hora...”
“Meu vizinho plantou uma semente no meu quintal,de repente surgiu um tremendo matagal...”
Minha avó ouvia muito Luiz Gonzaga e se não me engano,eu ouvi muito Chitãozinho e Chororó junto com Zezé Di Camargo e Luciano.Também não posso me esquecer dos Mamonas:
“Mina,seus cabelo é da hora,seu corpão violão...”
E de uns seres que eu não sei o nome que cantavam:
“Nessa bomba eu não ando mais,acharam um bagulho no banco de trás...”
Minha tia morava em Minas,depois voltava.Depois ia,e depois voltava.Depois ia de novo,e depois voltava...e isso é até hoje.E de lá ela trazia Teodoro e Sampaio,Tunico e Tinoco,Milionário e Zé Rico junto com outras músicas caipiras.Essa ta na lembrança!:
“Toda vez que eu viajava pela estrada de ouro fino,de longe eu avistava a figura de um menino que corria,abria a porteira depois vinha me pedindo “Toque o berrante seu moço que é pra eu ficar ouvindo” ...”
Meu tio que morava na casa da frente sempre foi um bicho-grilo-enrustido.Eu era a única menininha que sabia cantar de cor várias músicas do Raul Seixas por causa dele e ouço o Raulsito até hoje.As que marcaram foram:
“Eu perdi o meu medo,o meu medo,o meu medo da chuva...”
“Eu vou ficarrrrr,ficar com certeza,maluco beleza...”
“Oi,olha o trem,vem surgindo de trás das montanhas azuis,olha o trem...”
“Essa noite,eu tive um sonho de sonhador,maluco que sou eu sonhei com o dia em que a terra parou...”
Mas como um bom corinthiano-maloqueiro-sofredor que ele era,Racionais tbm não podia faltar:
“Aqui estou mais um dia sob o olhar sanguinário do vigia.Vc não sabe cm é caminhar com a cabeça na mira de uma HK.Metralhadora Alemã,ou Israel,estraçalha ladrão que nem papel...”
A mulher dele era viciada em um samba-rock.Resultado:
“É o famoso 16 tonelaaaadasss...”
“Onde você se escondeu?Tereza Aragão,Tereza Aragão...”
“O Cravo brigou com a Rosa,e quem chorou fui eu...”
Ela também ouvi muito Diana:
“Quero dançar,sim,quero dançar meu amor,sim,a valsa dos namorados,contigo...”
“Oh meu amado,pq brigamos?Não posso mais viver assim,sempre chorando...”
Meu outro tio nessa época ainda era solteiro e tava na época das farras.Mas putz!Foi com ele que eu aprendi praticamente todas as músicas da Blitz!,Gabriel o pensador,Ed Motta,Legião Urbana e principalmente a Celly Campello.Dele me lembro:
“Manuel foi pro céu!Manuééél,foi pro céu!”
“No sapatinho eu vou com laço cor de rosa enfeitar.E perto dele eu vou andar devagarzinho e o broto conquistar!”
“Era um biquine de bolinha amarelinha tão pequenininho,que na palma da mão se escondia...”
“perdi meu amor no paraíso,dou tudo o que eu tenho por um aviso.seja sob o Sooool,ou de baixo de Chuva-chuva-chuva! A minha alma gemeeeee por vc.Geme,geme,u-u-u,Geme-geme-a-a-a...”
“Menina veneno,vc tem um jeito sereno de ser...”
“É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã...”
“Maresia,sente a maresia...Maresia UuuuUuuu!”
Tinha uma inquilina que se matava de ouvir Amado Batista e Reginaldo Rossi.Fora do quintal,na casa da minha outra avó,eu ouvia muito Tim Maia e música caipira por parte do meu tio,e Nirvana,Marilyn Manson,Legião Urbana,The Cramberries por causa do meu primo.Já meu outro primo ouvia Ozzy e Iron Maiden,e eu comecei a curtir rock,mais ou menos com uns 11 anos,por influencia deles.Mas aí já não é a trilha sonora da minha infância,mas da minha adolescência.E isso já é uma outra história...

8 comentários:

  1. Caraca! Vc lembrou de um monte de músicas, hein? !

    Eu sou um tanto eclética, para mim existe música brega e música de elite, mas gosto de todas desde que me agrade os ouvidos!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. hahhahha
    quanta muuusica
    tem musica ai que eu nem sabia que existia!
    ksdfhpasoiur

    BEIJOOO

    ResponderExcluir
  3. cara lembro tbm de um monte de música daquela época, e hoje identificando-me ou não com a música, bonita ou não, emociono-me sempre q escuto alguma. :~
    aahh lembranças! =/

    ;*

    ResponderExcluir
  4. Minha vida inteira sempre teve uma "trilha sonora"... qualquer momento que lembrar dela, lembrarei automaticamente de algumas músicas que liguei àquele tempo ou situação... e isso é sempre bom, porque as lembranças ficam mais poéticas e suaves!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito do seu blog!E é isso mesmo a gente tem que ouvir de tudo um pouco pra sentir de tudo um muito,não é? xD

    ResponderExcluir
  6. Eu cresci ouvindo sertanejo, aquelas batida de viola~~, toda vez que ouço lembro do meu pai^^, eh automatico... musica classica ja lembro da minha mãe... uns rock lembro dos meus primos que me influenciarão tbm xP ... minha tia e meu tio lembro dos hinos da igreja.... e assim vai indo ^^ ... esses dias estava falando com minha colega, que nossa vida deveria ter uma trilha sonora, imagina vc entra na sala e " TAM-TAM!!!" xD~... ou vc penssativo,e andando e akela musica mas suave ao fundo ...

    Aeh! Belo Post! como sempre! ;D

    ResponderExcluir
  7. Puxa esse post passou um filminho na minha cabeça...essa trilha sonora marcou a minha infãncia tbém.
    Legal! Bom fim de semana!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, lembro que também ouvia de tudo na minha infância!
    No fim dela, fui começando a conhecer os sons que amo até hoje.

    Ai, ai... que retrô esse seu post. Rsrs

    Beijo!

    ResponderExcluir

Sinta-se á vontade